PortuguêsEnglishPolski





"No plano moral, o triunfo da sensualidade no protestantismo se afirmou pela supressão do celibato eclesiástico e pela introdução do divórcio." (Parte I, Cap. 3, B)
Documentos

Índice

  • Sobre a Igreja Católica (Parvenu) - Encíclica de Leão XIII
    Ao que nos parece, é a primeira vez que esta encíclica aparece em língua portuguesa na internet. Não temos nenhum direito autoral sobre esta encíclica, os que desejarem copiá-la para sites pessoais podem fazer desde que citem a Editora Vozes; apenas pedimos que lembrem do trabalho e tempo dispensados que tivemos em digitá-la e, se desejarem, como forma de agradecimento, indiquem nosso site.

    Nesta Encíclica, ensina o grande Pontífice que todo o progresso do Ocidente cristão jamais teria existido sem a ação sobrenatural da Igreja. Foi Ela que elevou a humanidade ao alto nível moral que atingiu na Idade Media; foi Ela que ensinou aos povos os princípios da sabedoria política e social de que decorreu o aparecimento da civilização justamente dita cristã; foi em Seu regaço que a teologia, a filosofia, as artes e a vida de sociedade floresceram. Ensina ainda Leão XII que a História é, a partir do Protestantismo, uma série de revoluções em que se foi decompondo e desarticulando sucessivamente o corpo harmônico e orgânico da Cristandade Medieval. O Protestantismo foi a revolta niveladora e anti-sacral na Religião. A Revolução Francesa foi a mesma revolta na política. O Comunismo é ainda a mesma revolta na economia e na organização social. Três catástrofes, três degraus ao fim dos quais nos espera a dissolução da civilização, se o mundo se obstinar em não ouvir o chamado do Bom Pastor.


  • Pascendi Dominici Gregis - Encíclica de São Pio X
    Aludimos, Veneráveis Irmãos, a muitos membros do laicato católico e também, coisa ainda mais para lastimar, a não poucos do clero que, fingindo amor à Igreja e sem nenhum sólido conhecimento de filosofia e teologia, mas, embebidos antes das teorias envenenadas dos inimigos da Igreja, blasonam, postergando todo o comedimento, de reformadores da mesma Igreja; e cerrando ousadamente fileiras se atiram sobre tudo o que há de mais santo na obra de Cristo, sem pouparem sequer a mesma pessoa do divino Redentor que, com audácia sacrílega, rebaixam à craveira de um puro e simples homem.

  • IMMORTALE DEI, Carta Encíclica de Leão XIII
    Tempo houve em que a filosofia do Evangelho governava os Estados. Nessa época, a influência da sabedoria cristã e a sua virtude divina penetravam as leis, as instituições, os costumes dos povos, todas as categorias e todas as relações da sociedade civil. Então a religião instituída por Jesus Cristo, solidamente estabelecida no grau de dignidade que lhe é devido, em toda parte era florescente, graças ao favor dos príncipes e à proteção legítima dos magistrados.

Receba as atualizações deste site em seu e-mail:
Outros Artigos

Revolucionários: Decisiva derrota de Napoleão na Rússia

Ultramontanos séc XIX: Os Católicos Franceses do Século XIX - Parte 19 - O fim do partido católico

Artigos: Como nasceu a providencial obra Revolução e Contra-Revolução

Ultramontanos séc XIX: Os Católicos Franceses do Século XIX - Parte 18 - O padre Dupanloup e um acordo inesperado

Adquira Já


Revolução e Contra-Revolução
EDIÇÃO ESPECIAL

Promoção
R$ 32,00(*) + Frete R$ 6,00 (**)

Valor total: R$ 38,00
Clique aqui e faça seu pedido
(*) Preço normal: R$ 40,90 + frete;
(**) Válido para todo território nacional;

A inocência primeva e  a contemplação sacral  do universo no pensamento de Plinio Corrêa de Oliveira
A inocência primeva e a contemplação sacral do universo no pensamento de Plinio Corrêa de Oliveira
Preços: R$ 45,00 + Frete R$ 6,00 (*)
Valor total: R$ 51,00
Clique aqui e faça seu pedido
(*) Válido para todo território nacional;
Clique aqui e veja outros produtos

Autoriza-se a reprodução com fins não lucrativos dos artigos deste site desde que citada a fonte.