PortuguêsEnglishPolski





"... a ditadura revolucionária visa eternizar-se, viola os direitos autênticos, e penetra em todas as esferas da sociedade para as aniquilar, desarticulando a vida de família, prejudicando as elites genuínas, subvertendo a hierarquia social, alimentando de utopias e de aspirações desordenadas a multidão, extinguindo a vida real dos grupos sociais e sujeitando tudo ao Estado" (Parte I, Cap. 3, 5-f)
Estudos

Índice

  • A inocência primeva e a contemplação sacral do universo no pensamento de Plinio Corrêa de Oliveira
    No centenário de nascimento de Plinio Corrêa de Oliveira, o instituto que ostenta o seu nome lança uma coletânea inédita de seus ensinamentos. Nela o leitor vislumbrará um aspecto peculiar de sua fisionomia mora, ainda pouco conhecido: o pensador contemplativo, que inaugura uma escola nova de espiritualidade, caracterializada pela contemplação religiosa da ordem temporal, no sulco do que a teologia, a filosofia e a espiritualidade católica desenvolveram de melhor ao longo dos séculos.

  • A Cruzada do Século XX
    E é esta nossa finalidade, o nosso grande ideal. Caminhamos para a civilização católica que poderá nascer dos escombros do mundo de hoje, como dos escombros do mundo romano nasceu a civilização medieval. Caminhamos para a conquista deste ideal, com a coragem, a perseverança, a resolução de enfrentar e vencer todos os obstáculos, com que os cruzados marcharam para Jerusalém.

  • O século da guerra, da morte e do pecado
    Há uma virtude pela qual o homem ama a superioridade infinita de Deus, e a superioridade finita das criaturas que Deus constituiu acima dele como talento, formosura, poder, riqueza ou virtude: é a humildade. Esta virtude nos leva a sentir gáudio pelo que os outros têm a mais do que nós. Num mundo onde haja humildade, nada de mais amável e compreensível do que a hierarquia. Desde que a humildade cesse de existir, nada mais inevitável do que o ódio à hierarquia, a sede de nivelamento e conseqüentemente, a Revolução. Humildade e hierarquia; orgulho e Revolução são, pois, termos conexos.

  • O cinqüentenário da Pascendi
    Publicamos na íntegra os três artigos que o Professor Plinio Corrêa de Oliveira escreveu por ocasião do cinqüentenário da Encíclica Pascendi de São Pio X.

  • O centenário da Encíclica Pascendi
    O Papa São Pio X condenou o movimento modernista, que se infiltrara nas próprias fileiras católicas com a finalidade de modernizar, adaptar e deturpar inteiramente o ensinamento tradicional da Igreja.

  • A concepção medieval da arte
    Estudar a arte da Idade Média como se faz algumas vezes, sem se reportar ao espírito e preocupando-se unicamente com o progresso da técnica, é equivocar-se, é confundir as épocas...

  • Comunismo, uma verdadeira seita, uma anti-Igreja
    Poucas pessoas se dão conta hoje em dia de que o pior mal do comunismo não está nas ditaduras que ele exerce em Cuba ou na China, mas está em sua doutrina, que é fundamentalmente sectária e anti-católica. Por isso, pareceu-nos oportuno transcrever aqui parte de uma palestra feita pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira sobre o presente tema.

  • Demolidores e Criadores
    Enquanto tudo passa e perece a seus pés, a Igreja mantém-se erguida, porque está sustentada pelo poder do alto. Abramos a cortina do cenário dos povos modernos, e veremos que, em cada século, os filhos da Igreja têm que levar a seus lábios a trombeta guerreira. Esta luta não terminará porque eterno é o antagonismo entre a sombra e a luz. Enquanto os filhos da sombra demolem, os filhos da luz regeneram.

  • Douceur de vivre
    Para o homem contemporâneo, mergulhado no hedonismo e incapaz de experimentar autênticas alegrias espirituais, a expressão douceur de vivre possui um significado meramente natural e reduz-se à amarga satisfação que nasce do consumo e gozo dos bens puramente sensuais.

  • Entrevista sobre a RCR, guerra psicológica, "peace mouvement"
    Entrevista sobre: a obra "Revolução e Contra-Revolução"; o movimento pacifista ("Peace Mouvement"); explanação a respeito da guerra psicológica revolucionária; a posição da Igreja hoje em relação ao problema da Revolução e da Contra-Revolução

  • Pretextos da revolução protestante e sua refutação
    A "questão das indulgências" foi mero pretexto para a revolta. Vários anos antes, Lutero já defendia e propagava idéias abertamente heréticas. Por detrás da questão das indulgências estava a negação de vários outros pontos doutrinários.

  • O Enigma da Bastilha
    A verdadeira importância dos acontecimentos de 14 de julho de 1789 reside no enorme impulso que deu à transição da velha França tradicional e orgânica, com suas liberdades e franquias, para a França administrativa e policial dos tempos modernos. O enigma está em que ainda hoje a data seja comemorada como a aurora da liberdade.

  • Devoção Mariana: fator decisivo no embate entre Revolução e Contra-Revolução
    Qual o nexo profundo existente entre a devoção a Nossa Senhora e a temática de "Revolução e Contra-Revolução" (a "RCR", como é conhecida), obra fundamental do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira? Tal é o objeto das admiráveis considerações, que a seguir publicamos. São elas parte integrante do Prólogo que o Prof. Plinio escreveu para a edição argentina da "RCR" (Buenos Aires, 1970).

  • O espírito humano tem fome de absurdo e de pecado (Donoso Cortés)
    No capítulo VIII da Parte I de Revolução e Contra-Revolução, o professor Plinio Corrêa de Oliveira descreve em linhas gerais a influência dos fatores "passionais" nos aspectos estritamente ideológicos do processo revolucionário. Mostra-se nesse capítulo o fato de que em todo homem decaído, por causa do Pecado Original, há uma debilidade na inteligência e uma tendência primeira, e anterior a qualquer raciocínio, que o incita a revoltar-se contra a Lei. Em nota, o professor Plinio cita Donoso Cortés e diz que ele dá um importante desenvolvimento para esta verdade. Colocamos, então, disponível para estudo de nossos leitores o texto citado do famoso estadista Donoso Cortés.

  • Cristandade: sacralidade da ordem temporal
    "A ordem temporal é uma criatura de Deus, devendo dar mais glória ao Criador do que a lua e as estrelas. Por certo, pertencem à Igreja os meios próprios para promover a salvação das almas, mas a sociedade e o Estado possuem meios instrumentais para alcançar o mesmo fim".

Receba as atualizações deste site em seu e-mail:
Outros Artigos

Revolucionários: Decisiva derrota de Napoleão na Rússia

Ultramontanos séc XIX: Os Católicos Franceses do Século XIX - Parte 19 - O fim do partido católico

Artigos: Como nasceu a providencial obra Revolução e Contra-Revolução

Ultramontanos séc XIX: Os Católicos Franceses do Século XIX - Parte 18 - O padre Dupanloup e um acordo inesperado

Adquira Já


Revolução e Contra-Revolução
EDIÇÃO ESPECIAL

Promoção
R$ 32,00(*) + Frete R$ 6,00 (**)

Valor total: R$ 38,00
Clique aqui e faça seu pedido
(*) Preço normal: R$ 40,90 + frete;
(**) Válido para todo território nacional;

A inocência primeva e  a contemplação sacral  do universo no pensamento de Plinio Corrêa de Oliveira
A inocência primeva e a contemplação sacral do universo no pensamento de Plinio Corrêa de Oliveira
Preços: R$ 45,00 + Frete R$ 6,00 (*)
Valor total: R$ 51,00
Clique aqui e faça seu pedido
(*) Válido para todo território nacional;
Clique aqui e veja outros produtos

Autoriza-se a reprodução com fins não lucrativos dos artigos deste site desde que citada a fonte.